domingo, 13 de fevereiro de 2011

Comissão de Reforma Política terá 45 dias para apresentação de anteprojeto.

A comissão de senadores responsável pela coordenação do projeto de reforma política terá prazo de 45 dias para apresentar esboço de propostas, que será submetido à análise do Senado Federal.

O grupo pelos congressistas Pedro Taques (PDT-MT), Aécio Neves (PSDB-MG), Itamar Franco (PPS-MG), Demóstenes Torres (DEM-GO), Roberto Requião (PMDB-PR), Luiz Henrique (PMDB-SC), Wellington Dias (PT-PI), Jorge Viana (PT-AC), Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), Eduardo Braga (PMDB-AM), Fernando Collor (PTB-AL) e presidida pelo senador Francisco Dornelles (PP-RJ).
 
Ainda no Senado, uma outra comissão atua para propor alterações no Código Eleitoral brasileiro. Na Câmara Federal, o presidente Marco Maia também instalou, na terça-feira (8), uma comissão especial para tratar da reforma política, com 40 integrantes e 180 dias para definir uma proposta.
 
Entre as mudanças a ser discutidas estão o fortalecimento dos partidos; o financiamento público, privado ou misto das campanhas eleitorais; o voto em lista fechada; o fim das coligações proporcionais de partidos; e a verticalização das coligações. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário